quinta-feira, 26 de maio de 2016

A verdade sobre trabalhar em Home Office

Home office não é um jeito fácil de ganhar muito dinheiro trabalhando poucas horas por dia
Quando alguma pessoa procura o termo “home office” no Google, aparecem muitas ofertas de “trabalhe sem sair de casa”. São promessas de renda extra onde o interessado tem a possibilidade de receber valores atrativos trabalhando somente algumas horas do dia em casa. 
Obviamente, há sempre uma taxa de inscrição envolvida no processo. Na maioria das vezes, estas ofertas não passam de “esquemas” onde a única pessoa que trabalha pouco e ganha muito é a pessoa que está vendendo a promessa.
Existem duas maneiras de efetivamente trabalhar em casa: como empreendedor/autônomo, ou como contratado de uma empresa. Se você pretende abrir uma empresa home based, ou trabalhar em casa como autônomo, prepare-se para muita dedicação. 

Quem é seu próprio chefe sabe muito bem que o expediente não acaba no final do dia e a semana muitas vezes não termina na sexta-feira.
Se você trabalha em casa para uma empresa, a chance é grande de que também passe a trabalhar mais do que no escritório tradicional, já que as horas antes perdidas no trânsito acabam sendo revertidas em mais produtividade.
 Além disso, no trabalho remoto não existem as pausas para o cafezinho ou as interrupções dos colegas: trabalha-se de forma mais contínua e, portanto, mais intensa.
Fonte: PEGN

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Widgets para Blogger

Tags de widget para layouts do Blogger

Ao usar o modelo Layouts para criar a seção de corpo do seu blog, você pode usar widgets para adicionar elementos de página, como imagens e uma lista de links.

Tipos de tags

Esta seção descreve os códigos HTML que você pode usar dentro das tags de fechamento.

Quando usar includes

As tags includes são mais úteis se você tiver uma seção de código que queira reutilizar em vários locais diferentes ou incluir somente em determinadas circunstâncias.

Para fazer isso, escreva o conteúdo dentro de um b:includable. Em seguida, use b:includeonde quiser que ele apareça.

Formato

 

<b:includable id='main' var='thiswidget'>
  [insira o conteúdo desejado aqui]
</b:includable>

 

Atributos

  • id (obrigatório): um identificador exclusivo composto de letras e números. Cada widget precisa ter um includable com id='main'.
  • var (opcional): um identificador composto de letras e números para fazer referênciaa dados nesta seção.

Se você criar mais includables com diferentes IDs, eles não serão exibidos automaticamente. No entanto, se você criar um includable com id='new', será possível fazer referência a ele no seu includable principal com <b:include name='new' /> e ele será exibido dessa forma.

Atributos para a tag b:include:

  • name (obrigatório): um identificador composto de letras e números. Ele precisa corresponder ao ID de um b:includable existente no mesmo widget.
  • data (opcional): uma expressão ou um dado a ser transmitido para a seção includable. Isso se tornará o valor do atributo thevar no includable.
  • cond (opcional): uma expressão que faz com que include seja executado somente quando seu resultado for true. É o mesmo que o atributo cond em b:if.

Exemplo

Apresentamos aqui um exemplo de como usar b:includable e b:include.

A principal questão a ser compreendida é como a seção "main" inclui a seção "post". Ela é transmitida com uma postagem que é chamada de "p" e a seção incluída faz referência a ela como sua variável "post" e, em seguida, imprime o título.

Observe que include executa somente o índice inferior a 10. Portanto, um máximo de 10 postagens seriam renderizadas nesse exemplo (o índice inicia com 0).

 

<b:includable id='main'>
  <b:loop var='p' index='index' values='posts'>
    <b:include name='post' data='p' cond='index < 10'/>
  </b:loop>
</b:includable>
<b:includable id='post' var='post'>
  Título: <data:post.title/>
</b:includable>

 

Exemplos

  • <data:title/>: imprimiria o título de um widget

  • <data:photo.url/> - Tamanho: <data.photo.width /> x <data.photo.height />: imprimiria atributos de impressão de um componente de foto. Uma foto pode ter componentes como url, height e width. O uso da notação "." indica que queremos o URL desta foto em vez de outro.

Mais exemplos

Veja nossa lista completa de tags de dados de layouts aceitas.

 

Quando usar b:loop

A tag b:loop permite que você repita uma seção de conteúdo várias vezes. Ela é mais comumente usada para impressão de cada postagem em uma lista de postagens de uma determinada página, ou cada comentário ou cada etiqueta etc.

Formato

O formato geral de uso de loops é o seguinte:

 

<b:loop var='identifier' values='set-of-data'>
  [o conteúdo é inserido aqui]
</b:loop>

 

A parte "identifier" (i) pode ser qualquer nome que você escolher e será usada para cada novo item da lista a cada vez que ele passar pelo loop. O conjunto de dados que você especificar para os valores pode ser qualquer dado descrito no artigo de tags de dados como uma lista de itens.

Por exemplo, no widget de postagens de blog, posts é uma lista. O código a seguir passará em loop por cada postagem, imprimindo o título de cada uma delas, com tags de cabeçalho em torno dele.

 

<b:loop var='i' values='data:posts'>
  <h2><data:i.title/></h2>
</b:loop>

 

Observe como "i" assume o valor de cada postagem para que você possa adquirir o título de cada uma delas.

Intervalo de números

Uma tag de loop permite que você repita um intervalo de números exclusivo, como "1 a 3", "-3 a -9", onde o valor da variável assume o valor do número. O exemplo a seguir criaria uma lista não ordenada de 1, 2 e 3.

 

<b:loop var='i' values='1 to 3'>
  <li><data:i /></li>
</b:loop>
 

Atributo index

Tags de loop também têm um atributo index opcional, que fornece o índice de base zero da repetição atual do loop.

 

<ul>
  <b:loop var='number' index='index' values='9 to 7'>
    <li>Índice: <data:index />, Número: <data:number /></li>
  </b:loop>
</ul>

 

Esse exemplo criaria uma lista não ordenada de:

  • Índice: 0, Número: 9
  • Índice: 1, Número: 8
  • Índice: 2, Número: 7

Quando usar if, elseif ou else

Você pode usar as tags b:ifb:elseif e b:else para exibir determinado conteúdo em casos específicos, e outro conteúdo em outros casos. Por exemplo, talvez você queira mostrar somente determinado texto na página inicial, mas um texto diferente ao verificar postagens individuais.

Formato

 

<b:if cond='condition'>
  [conteúdo a ser exibido se a condição for true]
<b:elseif cond='another condition'>
  [conteúdo a ser exibido se nenhuma condição if ou elseif true anterior for true e esta condição elseif for true]
<b:else/>
  [conteúdo a ser exibido se nenhuma condição if ou elseif for atendida]
</b:if>

 

As tags b:elseif e b:else são opcionais. Sem elas, o resultado seria o conteúdo incluído na seção b:if ou nada. No entanto, a tag de fechamento </b:if> é necessária em todos os casos.

Em "condition", você pode inserir qualquer item avaliado como true ou false. Algumas tags de dados são simplesmente valores true/false por si só, por exemplo, allowComments em uma postagem. Com outros dados, você pode compará-los com valores específicos para receber um valor true ou false. Veja alguns exemplos:

  • <b:if cond='data:post.showBacklinks'>
    True se a postagem atual estiver configurada para mostrar backlinks.
  • <b:if cond='data:blog.pageType == "item"'>
    True se a página atual for uma página de item (página de postagem).
  • <b:if cond='data:blog.pageType == "item" and data:post.showBacklinks'>
    True se a página atual for uma página de item (página de postagem) e a postagem atual estiver configurada para mostrar backlinks.
  • <b:if cond='data:displayname != "Pedro"'>
    True se o valor não for o nome de exibição de Pedro.
  • <b:if cond='data:displayname == "Pedro" or data:blog.pageType == "static_page"'>
    True se Pedro for o nome de exibição ou a página atual for uma página estática (não for uma página de postagem).
  • <b:if cond='data:post.numComments > 1'>
    True se a postagem atual tiver mais de um comentário.
  • <b:if cond='data:blog.pageType in {"static_page", "item"}'> OR <b:if cond='{"static_page", "item"} contains data:blog.pageType'>
    True se a página atual for uma página ou postagem específica.

Quando usar um Switch

É possível usar a tag b:switch de forma bem parecida com o uso de uma tag b:if com várias tags b:elseif. A vantagem de uma ramificação switch é que você não precisa repetir o nome da variável. Você pode lê-las facilmente para ver o que define cada caso e qual é o caso padrão.

Formato

<b:switch var=’[Expressão de dados]’>
<b:case value=”[Valor 1]” />
 [Saída se a avaliação de var for igual ao Valor 1]
<b:case value=”[Valor 2]” />
 [Saída se a avaliação de var for igual ao Valor 2]
[… qualquer outro valor]
<b:default />
 [Saída se a avaliação de var não for igual a qualquer outro b:case declarado]
</b:switch>

Exemplo

Este exemplo mostra como produzir um cabeçalho diferente, dependendo do tipo de página que estiver sendo renderizado.

<b:switch var=’data:blog.pageType’>
<b:case value=”static_page” />
  <h1>Página</h1>
<b:case value=”item” />
  <h1>Postagem</h1>
<b:default />
  <h2>Postagens no blog</h2>
</b:switch>

Quando usar expressões

Você pode usar o atributo expr para definir valores de atributo com base em valores no dicionário de dados. 

Exemplos

  • <a expr:href='data:blog.homepageUrl'>Início</a>
    Um link "Início" com o URL da página inicial do blog.
  • <a expr:href='data:blog.homepageUrl + "feeds/posts/default"'>RSS de postagens</a>
    Um link com o URL do feed RSS de postagens do blog. O operador "+" concatena as duas strings.
  • <a expr:class='data:post.allowComments ? "comment" : "no-comment">Comentar</a>
    Um link com a classe "comment" quando comentários são permitidos e "no-comment" quando não são. O operador ternário (?:) assume o valor booleano determinado e seleciona o primeiro valor (depois de ?) se o booliano for true ou o segundo valor (depois de :) se o booliano for false.

Quando usar uma expressão avaliada

É possível usar a tag b:eval para avaliar uma expressão mais complicada do que uma tag de dados padrão.

Formato

<b:eval expr='[Expressão]' />

Exemplos

  • min-height: <b:eval expr="data:newWidth * data:height / data:width" />px;
    Produz uma altura relativa calculada, com base em um novo valor de largura.
  • <b:eval expr=”data:post.labels[0].url” />
    Produz o URL do primeiro rótulo da postagem.
  • <b:eval expr='data:post.allowComments ? "Comentário" : "Comentários desativados" />
    Produz “Comentário” quando comentários forem permitidos e “Comentários desativados” quando não forem. Observe que essa expressão faz uso do operador ternário. Consulte o artigo Expressões em tags de layouts.

Quando usar um alias variável

É possível usar a tag b:with para armazenar temporariamente o valor de uma expressão calculada e evitar expressões in-line complicadas.

Formato

<b:with var='myComputedValue' value=’[Expressão de dados]’ />

Exemplos

Para um atributo de estilo complicado com base em variáveis de dados, você pode calculá-lo antes do resto da saída do HTML, de modo que o HTML aninhado fique mais fácil de ler.

<b:with var='style'
       value='”background-image: url(\”” + data:sourceUrl “\”); “
           + “ width: “ + data:width + “px; “ '>
 <div id=’header-outer’>   
   <div id=’header-inner’ expr:style=’data:style’>
     <h1>Meu cabeçalho</h1>
   </div>
 </div>
</b:with>


Observe que a variável existirá apenas para os nós filhos da tag b:with.

Veja um exemplo de como todas essas tags são usadas no código HTML de um widget PageList em seu blog.

Nesse widget, você pode ver exemplos de uso das tags b:widgetb:includable (e b:include), b:if (e b:else) e b:loop.

 

<b:widget id='PageList1' locked='false' title='Pages' type='PageList'>
  <b:includable id='main'>
    <b:if cond='data:title != ""'>
      <h2><data:title/></h2>
    </b:if>
    <div class='widget-content'>
      <b:if cond='data:mobile'>
        <select expr:id='data:widget.instanceId + "_select"'>
        <b:loop values='data:links' var='link'>
          <b:if cond='data:link.isCurrentPage'>
            <option expr:value='data:link.href' selected='selected'><data:link.title/></option>
          <b:else/>
            <option expr:value='data:link.href'><data:link.title/></option> 
          </b:if>
        </b:loop>
        </select>
        <span class='pagelist-arrow'>&amp;#9660;</span>
      <b:else/>
        <ul>
        <b:loop values='data:links' var='link'>
          <b:if cond='data:link.isCurrentPage'>
            <li class='selected'>
              <a expr:href='data:link.href'><data:link.title/></a>
            </li>
          <b:else/>
            <li>
              <a expr:href='data:link.href'><data:link.title/></a>
            </li>
          </b:if>
        </b:loop>
        </ul>
      </b:if>
      <b:include name='quickedit'/>
    </div>
  </b:includable>
</b:widget>

 

TAGS HTML PARA BLOGSPOT

Tags de elementos da página para layouts do Blogger

A seção <body> de um modelo de layout é composta de seções e widgets.

  • Seções são áreas da sua página, como uma barra lateral ou rodapé.
  • Um widget é um elemento de página, como uma página, uma lista de links ou qualquer outra coisa que você possa adicionar a partir da guia “Elementos da página”.

É possível incluir qualquer tipo de código HTML nas seções no modelo.

Seções

Cada seção no seu modelo tem tags de abertura e fechamento que se parecem assim:

<b:section id='cabeçalho' class='header' maxwidgets="1" showaddelement="no"> 

</b:section>

  • id: (obrigatório) um nome exclusivo, apenas com letras e números.
  • class: (opcional) os nomes de classe comuns são "navbar", "header", "main", "sidebar" e "footer". Se você alterar os modelos posteriormente, esses nomes ajudam o Blogger a determinar como transferir seu conteúdo.
  • maxwidgets: (opcional) a quantidade máxima de widgets permitida na seção. Se você não especificar, não haverá um limite.
  • showaddelement: (opcional) pode ser "yes" ou "no", com "yes" como padrão. Esse atributo determina se a guia "Elementos da página" mostrará o link "Adicionar um elemento de página" nesta seção.
  • growth: (opcional) pode ser "horizontal" ou "vertical", com "vertical" como padrão. Esse atributo determina se os widgets desta seção são organizados lado a lado ou em pilhas.

Uma seção pode conter somente widgets. Para inserir código adicional dentro de uma seção, divida a seção em duas ou mais seções.

Widgets

Um widget é representado por uma única tag, que é um marcador para indicar como o widget deve ser tratado na guia "Elementos da página".

Veja a seguir alguns exemplos de widgets (um para um cabeçalho de página e um para uma lista):

<b:widget id="cabeçalho" type='HeaderView' locked="yes"/>

<b:widget id="minhaLista" type='ListView' locked="no" title="Minhas coisas favoritas"/>

<b:widget id=”ArquivoBlog1” locked=”false” mobile=”yes” title=”Arquivo do blog” type=”BlogArchive”/>

  • id: (obrigatório) pode conter apenas letras e números e cada ID de widget no modelo deve ser único. Não é possível alterar o ID de um widget. É necessário excluir o widget e criar outro.
  • tipo: (obrigatório) indica o tipo de widget.
  • locked: (opcional) pode ser "yes" ou "no", com "no" como padrão. Um widget bloqueado não pode ser movido ou excluído da guia "Elementos da página".
  • title: (optional) se nenhum título de exibição for especificado, um título padrão como “List1” será usado.
  • pageType: (opcional) pode ser "all", "archive", "main" ou "item", com "all" como padrão. O widget será exibido apenas nas páginas especificadas do blog. Todos os widgets são exibidos na guia "Elementos da página", independentemente do atributo "pageType" deles.
  • mobile: (opcional) pode ser "yes", "no" ou "only", com "default" como padrão. Isso determina se o widget será exibido em celular ou não. Somente Header, Blog, Profile, PageList, AdSense, Attribution serão exibidos em um celular quando o atributo "mobile" for "default".

Saiba mais sobre como editar tags de widget.

Observação: no blog publicado, todas as tags <b:section> e <b:widget> serão substituídas por tags <div>, que terão o ID especificado. Isso permitirá, por exemplo, que você faça referência a div#cabeçalho ou div#minhaLista no seu CSS.

Tags CSS para layouts do Blogger

Personalizar tags CSS para layouts do Blogger

Para usar o designer de modelo com o CSS do modelo do blog, é necessário seguir algumas diretrizes.

Configurar as variáveis

Na seção <head> do seu código, é necessário ter um par de tags <b:skin> </b:skin>.

As declarações de estilo CSS serão inseridas entre essas tags, juntamente com os nomes de variáveis que fazem com que seu design funcione com a página “Fontes e cores”.

O código CSS entre as tags de comentário /* e */ não aparecerá no seu blog.

Haverá uma lista de variáveis aqui, uma para cada fonte ou cor que você quiser que possa ser editada pela guia “Fontes e cores”. Cada variável precisa ter as informações mostradas no exemplo acima e descritas aqui:

  • name: pode conter letras ou números. Cada nome no seu modelo precisa ser único.
  • description: adicione uma descrição para aparecer na seção “Fontes e cores".
  • type: "font" ou "color".
  • default: o valor padrão. Para cores, este valor deve ser um código de cor hexadecimal, por exemplo, #FF0066. Para fontes, este valor será uma lista na forma: font-style font-weight font-size font-family.

Usar as variáveis

Após a configuração das variáveis, quando quiser usar o valor de uma variável, insira $nome_da_variável no código CSS b:skin.

O designer de modelo oferece suporte a edição de um conjunto específico de tipos de variáveis CSS. Para definir o tipo de variável:

  • as variáveis de cores fornecerão uma paleta de cores para seleção no designer de modelo.
  • as variáveis de fonte fornecerão uma seleção de fontes, com tamanho e opções de negrito e itálico, no designer de modelo.

No exemplo acima, há uma variável chamada corfundo, que está definida como branco (#fff). No código seguinte, aparece: background: $corfundo. Isso faz com que o fundo fique branco, e é possível alterá-lo na seção “Fontes e cores”.

Observação: não é necessário criar variáveis para outros tipos de atributos CSS. Eles podem ser incluídos no CSS normalmente (como os atributos margin: e padding: no exemplo acima).

Edite o layout do seu Blogger

Alterar o layout do seu blog na plataforma Blogger

Sim, é possível alterar o layout do seu blog.

  1. Faça login no Blogger.
  2. Selecione o blog a ser atualizado.
  3. No menu esquerdo, selecione Layout.

O layout do seu blog é composto de gadgets. Por exemplo: cabeçalho, arquivo do blog, postagens do blog e assim por diante.

Para alterar o layout do blog, arraste um gadget para a nova localização dele.

Alterar os gadgets no blog

Para alterar as configurações de cada gadget, clique em Editar no canto inferior direito.

Em “Postagens do Blog", clique em Editarno canto inferior direito.

  • Selecione quantas postagens forem exibidas na página principal e o formato da sua data.
  • Altere “Postado por”, “Leia mais”, “Comentários” e “Links para esta postagem”.
  • Para permitir que os leitores deixem feedback sem comentar, adicione e edite "Reações".
  • Permita que os leitores compartilhem e enviem suas postagens por e-mail
  • Adicione ou edite a localização
  • Mostre o perfil do autor
  • Mostre anúncios entre postagens
  • Ative a edição rápida

Também é possível alterar a forma como esses elementos aparecerão nas postagens do blog arrastando-os para outro local.

Observação: se você atingiu o limite de páginas da Web de 1 MB de tamanho (incluindo postagens), altere o número de postagens da sua página principal.

Os arquivos CSS são armazenados em cache, portanto, talvez seja necessário atualizar a página para que as atualizações apareçam.

Adicionar um gadget

  1. Faça login no Blogger.
  2. Selecione o blog a ser atualizado.
  3. No menu esquerdo, selecione Layout.
  4. Clique em Adicionar um gadget.
  5. Na janela pop-up, selecione o gadget a ser adicionado e clique em Adicionar .
  6. No canto superior direito, clique em Salvar organização.

Editar o HTML do layout do blog

É possível editar o HTML do layout.

  1. Faça login no Blogger.
  2. Selecione o blog a ser atualizado.
  3. No menu esquerdo, selecione Modelo.
  4. Em "Agora no blog", clique em Editar HTML.
  5. Clique em Salvar modelo.

Conheça as tags dos elementos de página, as tags de fonte e cores e as tags de modelo do widgetantes de começar.

Use o designer de modelo para fazer alterações de estilo sem usar HTML.

O Google não reivindica propriedade ou controle sobre nenhum conteúdo enviado, publicado ou exibido por um autor nos serviços do Google ou por meio deles. Além disso, os autores do blog que adicionam código ou widgets de terceiros o fazem por sua conta e risco.

Visualizações dinâmicas do Blogger

Mostrar o layout do seu Blogger em múltiplas visualizações

Para mostrar seu conteúdo em modo clássico, revista, mosaico ou outros, é possível usar as Visualizações dinâmicas. Para usar as Visualizações dinâmicas, verifique se:

Para ativar as Visualizações dinâmicas:

  1. Faça login no Blogger.
  2. Selecione o blog a ser atualizado.
  3. No menu esquerdo, clique em Modelo.
  4. Na seção “Visualização dinâmica”, selecione uma visualização padrão para seu blog.
  5. No modelo padrão que você escolher, clique em Personalizar.
  6. Use o menu esquerdo para alterar o fundo, ajustar a largura, o layout e outras configurações avançadas.
  7. Clique em Aplicar ao blog.

Para salvar as alterações feitas no modelo anterior, clique em "Fazer backup/Restaurar" no canto superior direito.

Observação: ao usar as Visualizações dinâmicas:

  • O Blogger registrará cada postagem exibida como uma visualização de página.
  • Seus leitores terão a opção de alterar a visualização padrão deles.

Alterar a forma como um blog é mostrado

Se seu blog favorito usa Visualizações dinâmicas, é possível optar por ver o blog em outra visualização:

  1. No canto superior esquerdo, clique na seta .
  2. Selecione outra visualização.

Se ele não usa Visualizações dinâmicas, ainda é possível visualizar o blog em Visualizações dinâmicas adicionando “/view/” e, em seguida, o nome da visualização ao URL.

Altere o design do seu blog no Blogger

Aprenda a alterar o design do seu blog de maneira simples, sem implementar códigos HTML ou CSS

Para alterar de maneira simples o design do seu blog na plataforma Blogger, use o designer de modelo.

Alterar o design com o designer de modelo do Blooger

  1. Faça login no Blogger.
  2. Selecione o blog a ser atualizado.
  3. No menu esquerdo, clique em Modelo.
  4. Em “Agora no blog", clique em Personalizar.
  5. Na parte superior, use o carrossel para escolher um modelo. Abaixo do carrossel, use a visualização para ver como será a aparência do blog.
  6. Use o menu esquerdo para personalizar o fundo, ajustar as larguras, o layout e outras configurações.
  7. No canto superior direito, clique em Aplicar ao blog para ativar suas alterações.

Para limpar suas alterações, clique em Agora no blog.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...